O que foi Activado

Joomla

A GUIA PROFÉTICA DO ANO DE 2019

(5779: AYIN-TET)

“O ANO DE DEUS PARA A REINVENÇÃO DE SUA IGREJA”

O ANO NOVO BIBLICO 5779 (AYIN-TET) CORRESPONDE AO ANO DE 2019 DO NOSSO CALENDÁRIO OCIDENTAL MODERNO 

Devemos rever seriamente algumas verdades de interpretação dos tempos proféticos para termos mais propriedade e compreensão sobre o atual mover do Espírito Santo no meio das Nações. Isso nos ajudará a conduzir com sabedoria ao povo do Senhor enquanto caminham pela terra.

A IGREJA DE JESUS ​​CRISTO E A DUPLA BÊNÇÃO DO ALTISSIMO

O povo cristão é privilegiado por Deus. Com liberdade e revelação podemos desfrutar da Guia Profética para cada ano que começa, de acordo com o nosso calendário ocidental prevalecente na Região com as palavras proféticas trazidas pelos Profetas reconhecidos da Igreja, e também, para provar a verdade profética ativada com o começo. Bíblia a cada ano em Israel, com o surgimento de cada ano novo biblico (Rosh Hassana), desta vez com a noite de 9 de setembro de 2018. Com o nascimento do ano novo na Terra Santa, que o correspondente calendário hebreu a seu ano civil 5779, podemos desfrutar no Ocidente, os benefícios e o poder das profecias ativadas para o ano 5779 (que inclui nosso 2019).

No caso específico dos crentes em Cristo Jesus, devemos estar prontos com alegria e grandes expectativas para receber, neste final de 2018, o que já está liberado no ar desde o início do Novo Ano Bíblico 5779 (2019).

NO TEMPO EXATO RECEBEREMOS A BENÇÃO DO ETERNO

Antes de dar-lhe os múltiplos benefícios da verdade profética já ativada para este 5779 (AYIN-TET); vamos rever o que já nos foi dado pelo Senhor desde o início da década atual (2010-2019):

Com o surgimento do ano bíblico 5770 (2010), Deus Todo-Poderoso ativou no planeta a “Década do Profeta”, conhecido como “década de Ayin”, letra hebraica representa o número 70, e cujo símbolo profético é um olho e significa VISÃO OU CAPACIDADE DE VER; isto define ao vidente de Deus por excelência, ISTO É, O PROFETA. É nesta década em que devemos esperar que o Senhor manterá a continuidade do fluir poderoso profético em todas as áreas do desenvolvimento humano, o que aumentaria com o passar dos anos para promover o trabalho entre as pessoas pelos Profetas, estabelecendo e consolidando as Escolas e Congressos Proféticos, os Grupos Proféticos de Música e Intercessão, e as Equipes de Artes Proféticas, os Presbitérios Proféticos, etc. 

ESTA TEM SIDO A DÉCADA DA MAIOR BÊNÇÃO E FLUIR PROFÉTICO DO ESPÍRITO SANTO

Deus nos deu cada ano desta década e com um aumento progressivo ao longo dos meses, as seguintes bênçãos proclamadas: 

1- Grandes e novas portas abertas de oportunidade para aqueles filhos de Deus que têm fé e confiança no Criador de milagres.

2- Um aumento incomum e sobrenatural ou “medida extra” para nossa colheita financeira, ao nos guiar a generosamente “semear” os dízimos, as primícias, as ofertas regulares e as ofertas da aliança ao Altíssimo.

3- Um melhor posicionamento na Sociedade, com um maior e novo nível de autoridade e influência para realizar nosso ministério com efetividade 

4- Um nível mais elevado de saúde e grande força para a nossa caminhada na vida cristã.

5- Um aumento maior na demonstração e expressão da indiscutível sobrenaturalidade e dos milagres de Deus.

O CALENDÁRIO BÍBLICO

Antes de entregar a Guia Profética 2019 (5779) é importante rever os conceitos já emitidos, pois nos será muito útil para uma compreensão clara e correta da profecia e tempos atuais: 

Apesar do calendário judaico ser baseado em Fundamentos Bíblico, ao longo dos anos incorporou celebrações e festas que não têm conexão com as Sagradas Escrituras e são eventos para celebrar a cada ano em datas específicas como parte da história nacional de Israel, devemos ver com o devido respeito essas datas, mas também com grande cuidado e com uma análise responsável, para não cair em erros de fanatismo nacional, político ou religioso. Exemplos disso são os dias para comemorar a Independência de Israel, o Holocausto Judaico, a Reunificação de Jerusalém, etc.

O calendário hebraico, não é em sua totalidade o calendário bíblico, isto, em virtude do fato de que o povo israelita não reconhece as festividades do cristianismo (o Novo Testamento). 

Quando mencionamos o Calendário Bíblia, estamos fazendo referências diretas às datas do calendário judaico correspondem às festas que o Senhor ordenou a comemorar todos os anos em Israel e continha uma mensagem profética que aludiu à obra do Messias em sua aparição em Israel. Sem Jesus, estas festas são meras religiões ou simples cerimônias. Já com Jesus, as festas tiveram seu cumprimento, e hoje servem tanto para enriquecer o nosso entendimento profético de Sua gloriosa obra de morte e ressurreição, mas errado é atribuir válidas como eu tive em tempos antigos como se o Redentor Messias não tivesse já cumprido cada um destes.

Os anúncios proféticos das Festas foram cumpridos em Jesus. Este é o grave e sério perigo do atual movimento messiânico, para fazer o mundo acreditar que, mantendo cerimônias e feriados, alcançaremos a Salvação.